domingo, 4 de dezembro de 2011

Não me pergunte quem sou e não me diga para permanecer o mesmo...

Foto feita dentro da Igreja da Penha, subúrbio carioca. Devido ao tráfico de drogas nas favelas ao redor da igreja, muitos fiéis deixaram de comparecer às missas e festividades. Essa situação durou anos, limitando o direito do cidadão de ir e vir. Com a ocupação da área pelo poder público, no final de novembro de 2010, aparentemente, a paz voltou a reinar e, assim, as pessoas puderam retomar as suas rotinas. Como exemplo, no domingo quando essa foto foi feita, durante uma missa matinal, a Igreja da Penha estava lotada de fiéis e turistas.
A moça da foto me chamou muito a atenção, pois estava sentada assistindo à missa e "ninando" uma boneca.  Ao final da missa, me aproximei e  perguntei se podia fotografá-la e ela, prontamente, acenou com a cabeça que sim e, insistentemente, me mostrava a boneca e "balbuciava" a palavra "nenem" inúmeras vezes. Ao mostrá-la as fotos feitas, ela, muito agitada, soltava gargalhadas e não parava de me mostrar e de apontar a boneca dizendo que era a  "nenem". Aliás, foi a única palavra que ela conseguia falar de forma clara e compreensível. Enfim, fiquei muito emocionado com a minha modelo e com a quantidade de pessoas que, novamente, sem medo, lotavam a igreja onde fui batizado. 
A psicologia nunca poderá dizer a verdade sobre a loucura, pois é a loucura que detém a verdade da psicologia.
De homem a homem verdadeiro, o caminho passa pelo homem louco.
Devemos não somente nos defender, mas também nos afirmar, e nos afirmar não somente enquanto identidades, mas enquanto força criativa.
Não me pergunte quem sou e não me diga para permanecer o mesmo.

Michel Foucault

18 comentários:

Fábio Henrique Carmo disse...

Post fantástico, Roberto. É um alívio constatar que muitas das regiões domindas pelo tráfico estão voltando à sua normalidade.

A foto me faz lembrar aquelas da National Geographic onde a alma do elemento humano parece estar ali, imortalizada naquela captura. Excelente foto!

Ma Ferreira disse...

Ah..as vezes eu me pergunto: quem são os loucos??????

Bacana a foto..amei o sorriso e a nenem.

A garotinha parecia muito feliz..

Semana de paz a vc!!!!

mfc disse...

Esta é uma foto onde os sentimentos se confundem com saudade e beleza!
Parabéns

Sylvia K disse...

Superb capture for the day, Roberto! It does indeed remind me of photos of people around the world that so frequently appear in National Geographic. Hope your weekend is going well!

Sylvia

teca disse...

Um sorriso louco de bonito! A foto ficou fantástica.

Um beijo carinhoso.

Jorge disse...

Plena de sentimento e humanidades!

Suzanne & Roger disse...

Magnifique, quel sourire !

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Excelente Roberto, gostei muito da foto e da sua descrição, do modo como vc tirou ela!

Fantástico!

Abraço

Xurde Radío disse...

Un verdadero reportaje de denuncia social.
Un saludo.

:.tossan® disse...

Maluca beleza de Raul Seixas talvez! Como é bom ver a cidade limpa! Se não houvesse preparativo para Copa do Mundo e depois para as Olimpíadas, garanto que nada disso estaria sendo feito. Já conheço os nossos políticos. Esta visita valeu o dia. Bela edição! Abraço

José Luís Espada Feio disse...

grande post este, amigo!
excelente retrato, pleno de expressividade e realismo, acompanhado de um belo texto relantando uma história com final feliz. são exemplos destes que nos fazem acreditar que é possível lutar por um mundo melhor, mais justo, mais humano e com mais paz!
gostei muito
abraço!

Marguerite-marie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marguerite-marie disse...

je viens de mettre le traducteur et je comprends mieux pourquoi cette photo me rendait triste malgré le sourire de cette heune fille.

Gaspar de Jesus disse...

Parabéns Roberto por este belo documento.
A Foto daria um excelente cartaz de um qualquer Congresso de Psiquiatria.
Abç
G.J.

Jorge Pimenta disse...

roberto,
verdadeiramente arrepiantes este momento e este rosto que aqui partilhas connosco. há pequenos nadas que nos fazem crer no homem e na sua força absoluta. este é seguramente um deles.
um abraço vivo!

cris photos disse...

Que bonita a fotografia e a história por detrás da foto, muito interessante.
Mostra a realidade da vida.
bjus

Produção Sem Roteiro disse...

Ótimo blog cara, fotografias de extremo bom gosto e sensibilidade!
Ja to seguindo !

Abraços!

Remus disse...

A normalidade, um bem fundamental das nossas sociedades.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...